quarta-feira, 13 de maio de 2009

Cada um no seu devido lugar.

Nação Palestrina.

Time grande é time grande e time pequeno é time pequeno.E o GRANDE passou as quartas de final da Libertadores da América.

Enquanto os de lá sonhavam ir para as quartas,os de cá traçavam estratégias para chegar a próxima fase.

Enquanto os de lá falavam,os de cá trabalhavam.

Enquanto os simpatizantes de lá criavam uma praça de guerra,os torcedores de cá encarnaram o espirito do guerreiros imortais.

Enquanto os dirigentes de lá falavam asneiras,os dirigentes de cá mostraram grande competência no planejamento.

Enquanto os de lá imploravam para ser grandes,os de cá exalavam grandeza.

O Palmeiras não fez mais do que a sua obrigação ao eliminar o menor time dessa edição da Libertadores.

Nada de mais.

-----------------------------------

Marcos.

Quem é Santo nunca perde a Santidade.

-----------------------------------

Luxemburgo

Nota 10 pela escalação.Entrou com o time ideal.

Nota 0 para as substituições.

O gol do Sport saiu onde o Mozart deveria estar,aliás,ele estava,mas muito lento e perdido em campo nada conseguiu fazer.

O Souza mesmo cansado não era para sair de campo.

------------------------------------

Mozart

Espero que ele esteja fora de forma ou qualquer coisa desse tipo.Porque se o futebol dele é aquele apresentado contra o Sport,MEU DEUS!

------------------------------------

Dupla de volantes

Não à a menor duvida que a melhor dupla de volantes do verdão é Pierre e Souza e isso não se discute.


Saudações Palmeirenses.

2 comentários:

Frank MG disse...

Verdão campeão da libertadores 2009e vamos fazer a final contra o Manchester.
10 anos depois vamos tirar deles o mundial que eles tiraram da gente em 1999.
Aqui é Palestra!!

Alex disse...

parece que estou vendo o mesmo filme de 1999 quando o verdão conquistou as americass.
dificuldades no percurso e todas as classificações sofridas.
Será reprise?

Palmeiras minha vida é vc.