sábado, 1 de maio de 2010

A Ilha do volei.

Nação Palestrina.

Peço permissão a todos os palmeirenses para prestar minha homenagem ao time de volei do Florianópolis/Cimed que conquistou nessa manhã o Tetra-Campeonato(Tri-consecutivo) da Superliga de volei masculinho.

A equipe comandada pelo levantador Bruninho,filho do técnico Bernadinho,não deu a minima chance para os mineiros e levantou mais um caneco.

Eu como catarinense comemorei muito esse titulo e com certeza todo o estado de Santa Catarina também comemorou.

Santa Catarina infelismente não possui grandes times no futebol,a nivel nacional,mas em se tratando de outros esportes os clubes catarinenses mostram a sua força,como no volei com o Florianópolis/Cimed e no futsal com o multi-campeão Malwee/Jaraguá.

Os dois clubes mais vencedores do esporte catarinense.

Enfim,parabéns aos Tetra-Campeões!

Ponto negativo da final.

A final da Superliga foi realizada no ginásio do Ibirapuera em São Paulo,templo do volei brasileiro ao lado do maracanazinho e mineirinho.

Nada contra esses ginásios!

Mas considero uma palhaçada e uma falta de respeito ao estado de Santa Catarina e Minas Gerais retirar as finais da Superliga desses estados.

A final foi realizada em apenas um jogo e em estado neutro.

Isso é ridiculo!

O catarinense e o mineiro que acompanhou os seus respectivos times o ano inteiro foram assim impedidos de ver os melhores jogos do ano,que deveriam ser AS e não A final.

Um playoff de 5 jogos com a grande final na casa do time com a melhor campanha,como deveria ser.

Espero que essa putaria e esse atentado ao volei brasileiro cometida pelo presidente da CBV Ary Graça seja corrigida para a próxima temporada.

Nenhum comentário: