segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Atitude Belluzzo.

Nação Palestrina.

Historicamente a Sociedade Esportiva Palmeiras nunca teve influência, dentro e muito menos fora do campo, quando o assunto é arbitragem.

O que devemos sim,sentir orgulho. E, mesmo com essa "não força" conseguimos ser o Campeão do Século XX.

Porém,os tempos são outros.

Hoje, a politica é influente e conduz,em muitos casos,o placar da partida ou até mesmo o campeão de um campeonato,via arbitragem.

Poderiamos aqui citar inumeras arbitragens e árbitros teleguiados.

Mas já fiz isso em outros textos e não quero me alongar muito.

Mas,para não passar em branco,o Sr. Carlos E.Simon,o árbitro mais teleguiado do futebol brasileiro,vai apitar a final da Copa do Brasil entre Vitória e Santos, claro, para assegurar que a equipe santista se sinta mais segura quanto a sua conquista.

Esse filme todos vocês já assistiram, 2002 Corinthians x Brasiliense na mesma competição.

Mesmo filme,mesmo roteiro,naquele ano o gigante (Corinthians) contra o pequeno (Brasiliense),Simon em campo e o final do filme todos lembram.

Já em 2010, novamente o gigante (Santos) o pequeno (Vitória), e o mesmo Simon em campo,só por garantia.

E,o que tudo isso tem haver o Palmeiras?

Entre os grandes o Verdão é a maior vitima das arbitragens,foi vitima do próprio Simon e já é vitima constante do árbitro que o "sucederá".

O nome dele,Paulo Cesar de Oliveira.

Esse cretino,é o mesmo que expulsou o Marcos contra o Bragantino em 2008 e foi o mesmo que validou o gol de mão do Adriano contra nós,quando este ainda jogava pelos leonores, na semi-final do Paulistão de 2008.

Mas o que não consigo me conformar é a passividade da diretoria alviverde que só reclama depois do jogo.

Alguém tinha duvida que ele ia ferrar o verdão contra os gambás?

O Belluzzo precisa pressionar a arbitragem antes de começar o jogo,quando o árbitro for o Simon,Paulo Cesar entre outros.

Pressionar,ou seja,vir a publico e reclamar da indicação,só um otário acredita que existe sorteio de árbitros no futebol brasileiro.

Precisamos ter mais atitude em relação as arbitragens,não para induzi-lo ao erro em nosso favor.

Mas,para que o árbitro saiba que estamos de olho nele, jogando os holofortes em cima deles.

Atitude Belluzzo

------------------------------------------------

Faxina

Fora Belluzzo (nova chance)

Fora Traffic

Fora Cipullo

Fora Unimed

Fora Rogério Dezembro

Um comentário:

Anakin disse...

Concordo neste assunto.
O que precisamos, não é reclamar de más arbitragens e sim reclamar de algumas indicações de arbitros.

Já sobre o seu texto anterior,me permita descordar.
Eu tbm não gosto desses patrocinios no nosso manto,mas não adianta sonhar com um departamento de marketing capaz de sustentar o clube.
Hoje,infelismente precisamos de grana e a maneira mais simples e lucrativa com custo zero para o clube e diponibilizar mais espaços no uniforme.
O resto é sonho.