quarta-feira, 13 de abril de 2016

Paulo Nobre e Crefisa.

Nação Palestrina.

Como se não bastasse o esforço descomunal do presidente Palmeirense em afastar as classes sociais de baixa renda do Allianz Parque, Palestra Itália, o mandatário alviverde tem o talento natural em comprar briga com patrocinadores que outros clubes dariam de tudo para ter, o que é o caso da Crefisa.

A muito tempo o Palmeiras não possui um patrocinador com tamanho interesse em recuperar o prestigio, a muito perdido, do verdão em relação ao futebol brasileiro.

Além da ridicula " homenagem" proposta pela diretoria do Palmeiras em criar uma camisa comemorativa usando o "logo" da Parmalat, a diretoria cria uma camisa comemorativa para comemorar o titulo da Copa do Brasil e estupidamente reduz o tamanho original da marca Crefisa estampada na nossa camisa.

Como pode um presidente ser tão burro ?

Cogitar expor a marca de uma empresa que não coloca um centavo nos cofres palmeirenses, ou seja, a Parmalat.

E, como se não bastasse, reduz o "logo" da Crefisa,que deposita, segundo a imprensa, 68 milhões anuais.

Agora a Crefisa, ciente da imaturidade do presidente do verdão, coloca uma cláusula  de 2,5 milhões no contrato, caso o Palmeiras reduza novamente o tamanho original de sua marca na nossa camisa.

Inacreditável, como podemos ter um presidente extremamente fútil.

Saudações palmeirenses.


Nenhum comentário: