quarta-feira, 1 de junho de 2016

“Seus mais insatisfeitos clientes (torcedores) são sua maior fonte de aprendizado.” (Bill Gates)

Nação Palestrina.

Os torcedores, aqueles chamados "do contra" , na maioria das vezes são mais úteis ao clube do que aqueles que ao constatarem uma "leve" melhora na administração da instituição, saem enchendo a  bola de um presidente.

Muito se discute, aqui inclusive, a administração do atual presidente do Palmeiras Paulo Nobre.

Para alguns, sem Paulo Nobre o Palmeiras continuaria com um time fraco e endividado com os bancos.

Como se o Palmeiras fosse fechar as portas, enfim ...

Na administração Paulo Nobre, reconheço a honestidade do nosso presidente, e paro por aqui com os elogios.

 Agora, vamos levantar alguns fatos na sua gestão, reparem que escrevi FATOS, e contra fatos ...

Nem no céu, nem no inferno, emprestar 100 milhões de reais ao um clube faz com que a divida do mesmo diminua, fato !

Ahh, mas os juros é menor, a divida continua !

As ótimas receitas que hoje possuímos, nós a teríamos com ou sem Paulo Nobre.

A Crefisa teria fechado com o verdão com ou sem o atual mandatário alviverde. Fato !

A nossa bilheteria não é um sucesso por causa do Paulo Nobre, mas sim por possuirmos uma linda arena. Fato !

O sucesso do Avanti é decorrente do exorbitante preço dos ingressos e pela dificuldade em adquirir o mesmo. Fato !

Alguns projetos interessantes, com os de marketing, não apagam as inúmeras lambanças que ele, Paulo Nobre, cometeu e continua a cometer.

Contratações estapafúrdias, como as do Leandro Almeida, Roger Carvalho, Fellype Gabriel entre outros, já relacionados em outros textos. Fato !

A recusa, imperdoável, em admitir que precisamos de um 10,  para repor a saída do Valdívia. Fato !

Colocar como diretor de futebol um cara que não entende nada sobre a função. Fato !

Temos uma das, ou a maior folha salarial do futebol brasileiro, superior a 11 milhões de reais e mesmo assim, fomos eliminados do paulista pelo Santos com folha salarial de 3 milhões e claro, a ridícula eliminação na primeira fase da Libertadores. Fato !

Repito, acredito na honestidade do Paulo Nobre.




Mas, é pouco !

E digo mais.

Com a difícil situação financeira de Corinthians, São Paulo, Santos, Grêmio, Vasco, Bota Fogo, Cruzeiro e Fluminense, o verdão teria, em tese, poucos concorrentes aos títulos em disputa e poderíamos garimpar vários títulos que perdemos nos últimos 16 fracassados anos.

Ahh, ganhamos o paulista em 2008, as Copas do Brasil 2012 e 2015.

Preciso relacionar aqui os títulos que nossos rivais ganharam nesse mesmo período ?

Saudações Palestrinas


2 comentários:

Daniel Marcelino disse...

discordo na maioria do texto, mais concordo quando vc diz que podemos conquistar varios titulos aproveitando que os outros clubes estão quebrados

Anônimo disse...

acho que o pior na gestão paulo nobre foi a montagem do elenco. muito dinheiro jogado fora