domingo, 18 de dezembro de 2016

Redenção

Nação Palestrina.

Após a redenção alviverde com a conquista do campeonato brasileiro 2016, não existe palmeirense que não esteja pensando a mesma coisa.

Libertadores!

Sonho de consumo de toda a coletividade palestrina.

E  para isso, contamos com um novo presidente, Mauricio Galiotte, substituindo Paulo Nobre.

O novo presidente vem com um "projeto" de continuidade de seu antecessor, mas com um perfil mais conciliador, tanto entre os conselheiros do clube como também com a principal patrocinadora do clube, Crefisa/Fam.

A financeira que tornou a camisa palmeirense a mais valiosa do Brasil com quase 68 milhões investidos no primeiro ano e quase 80 milhões no segundo, renovará com o verdão e ajudará na contratação de reforços, o que não aconteceria se o Paulo Nobre ainda fosse presidente.

Vale lembrar que o contrato com a Crefisa/Fam termina agora em janeiro.

No mais quero desejar boa sorte ao novo presidente e que ele consiga tornar a Sociedade Esportiva Palmeiras cada vez mais forte dentro e fora de campo. 

Para encerrar alguns comentários sobre o Paulo Nobre tão criticado aqui por mim.

Da mesma maneira que o critiquei exaustivamente aqui quero parabeniza- lo por três conquistas na sua gestão.

1° Pelo titulo brasileiro.
2° Pela importantíssima vitória sobre a Wtorre na comercialização da cadeiras.
3°Pela construção do maravilhoso hotel, quase finalizado, e em boa parte pago pelo próprio Paulo Nobre.

Os três legados que serão lembrados na gestão Paulo Nobre.

Saudações Palestrinas.