Sociedade Esportiva Palmeiras

Sociedade Esportiva Palmeiras

terça-feira, 14 de maio de 2019

Conmebol faz o jogo da RGT e tira os jogos do Palmeiras contra o Godoy Cruz da TV aberta.

Nação Palestrina.

Por Verdazzo.


De forma surpreendente, a Conmebol marcou as partidas do Palmeiras contra o Godoy Cruz para duas terças-feiras, nos dias 23 e 30 de julho.
Isso fará com que as partidas pelo Brasileirão contra Ceará e Vasco, que antecedem os duelos, sejam marcadas para os sábados, dias 20 e 27 de julho.
Desta forma, o estado de São Paulo ficará sem transmissão de um time paulista na quarta-feira na TV aberta – as opções para o horário seriam assistir aos jogos entre Flamengo x Emelec ou Athletico-PR x Boca Juniors. Não será surpresa se a CBF deslocar jogos das da Copa do Brasil para essas datas.
A RGT segue usando suas armas para esconder o Palmeiras da TV aberta. Esta semana, de forma incomum, já anunciou jogos da Copa do Brasil pelo pay-per-view, forçando nossa torcida a comprar o serviço. Ao que parece, a Libertadores é a próxima cartada da empresa para colocar a faca em nosso pescoço.
Não cederemos. Vamos aos bares!
NOTA DO BLOGUE : Segundo alguns sites, a Rede Globo já amarga prejuízo de 39 milhões de reais por mês com a ausência do Palmeiras. Por isso, a "estratégia" da Globo em disponibilizar os jogos do verdão na Libertadores e, provavelmente, na Copa do Brasil apenas no  pay-per-view.


Torne-se Sócio Avanti.

Contrato de Adesão ao Programa Avanti.



14.99/mês.        34.99/mês.               64.99/mês
119.99/mês.     214.99/mês.           649.99/mês. 

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Audiência de Palmeiras e Fortaleza no TNT/Esporte Interativo.

Nação Palestrina.

Por  Nosso Palestra.

A estreia do Palmeiras no Brasileirão foi histórica. Após anos e anos de transmissões da Globo no principal torneio de futebol do nosso país, para a edição deste ano o Verdão vendeu os seus direitos para o grupo Turner, dono do Esporte Interativo e TNT.
Além de Palmeiras e Fortaleza, o canal terá o direito de transmitir jogos de mais 5 times da Série A: Athlético-PR, Bahia, Ceará, Internacional e Santos.
O Ibope, órgão que controla a audiência dos canais de televisão no nosso país, divulgou os números da transmissão de Palmeiras e Fortaleza, e a estreia não poderia ter sido melhor para o canal americano.
A TNT, canal de filmes que transmitiu a partida, teve 4,79 pontos de audiência na transmissão do jogo do alviverde. Cada ponto equivale a cerca de 73 mil domicílios na Grande São Paulo.

Já o SporTV, canal da Globosat, que exibiu no mesmo horário a estreia do Fluminense contra o Goiás, registrou 2,44 pontos, praticamente a metade do conquistado pelo Verdão.
Entre todos os canais da TV paga, a TNT também ficou na liderança na faixa durante as duas horas da goleada do Verdão sobre o Fortaleza.
Se considerarmos também os canais abertos, o jogo do Palmeiras ficou em quarto, atrás apenas de Globo, Record e SBT.
O Esporte Interativo, em parceria com a TNT, irá transmitir ao todo, 42 partidas desse Brasileirão, incluindo o próximo jogo do Palmeiras no Allianz Parque, contra o Internacional, no próximo sábado (4) às 19h, em jogo válido pela terceira rodada do Brasileirão 2019.


Torne-se Sócio Avanti.

Contrato de Adesão ao Programa Avanti.



14.99/mês.        34.99/mês.               64.99/mês
119.99/mês.     214.99/mês.           649.99/mês. 

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Palmeiras pode dar um prejuízo de R$ 100 milhões à Globo, somente no pay-per-view.

Nação Palestrina.

Por  Daniel Castro (Notícias da TV)

O Palmeiras está com a faca e o queijo na mão. Se resistir à pressão da Globo e dos clubes de futebol até o próximo dia 28, quando começa o Campeonato Brasileiro, passará a protagonizar os jogos mais cobiçados da TV e estará no centro de uma confusão que deve congestionar centrais telefônicas e gerar uma onda de ações judiciais, causando um prejuízo de pelo menos R$ 100 milhões e colocando em risco um negócio que gera uma receita de R$ 1,75 bilhão por ano ao grupo de mídia da família Marinho.

O Palmeiras é o único clube da Série A do futebol brasileiro que ainda não assinou contrato com a Globo para transmissão em TV aberta e em pay-per-view, no canal Premiere. Já o Athletico-PR ainda não cedeu à emissora os direitos para o PPV. Na TV paga, os jogos do Alviverde pertecem à Turner, que desembolsará R$ 100 milhões neste ano para mostrá-los nos canais Space e TNT. 

Nenhuma das 38 partidas do Palmeiras no Brasileirão poderá ser exibida na Globo ou nos canais Premiere (e as do Athletico também ficam fora do segundo, se não houver acordo com o clube paranaense), cuja assinatura varia de R$ 79,90 a R$ 109,90 mensais. O problema é que os assinantes do Premiere pagam, desde 1997, quando o pay-per-view foi implantado, para ter todos os jogos, sem exceção. 



A situação se agrava porque não prejudica apenas os torcedores do Palmeiras e do Athletico-PR. Os corintianos e os flamenguistas, por exemplo, não verão seus times na TV (nem na aberta, na paga ou no pay-per-view) toda vez que o adversário for o Palmeiras, em casa ou fora. Contra o clube paranaense, só se o confronto for exibido na TV aberta.

Fontes do mercado de TV por assinatura já preveem três consequências: (...) 

1) Líder em seu segmento, o Sportv ficará enfraquecido, pois, dependendo da escolha da Globo em determinadas rodadas, não terá jogos de times grandes para transmitir em São Paulo e Rio de Janeiro. Poderá sofrer derrotas humilhantes para os canais da Turner, que terão Palmeiras com exclusividade em algumas rodadas (na terceira, por exemplo, o adversário será o Internacional). 

2) A venda de novos pacotes de pay-per-view tende a cair.

3) Os assinantes do Premiere que se sentirem lesados pela ausência do Palmeiras (a princípio todos) entupirão as centrais telefônicas das operadoras de TV por assinatura com reclamações, pedidos de desconto e cancelamentos. Os mais insatifeitos poderão denunciar as operadoras para órgãos de proteção do consumidor e levar o caso à Justiça.

(...) Se confirmar esse cenário extremamente desfavorável à Globo, o Palmeiras vence a guerra já na primeira rodada do Brasileirão. Fontes do mercado de TV por assinatura estimam que a emissora terá um prejuízo de pelo menos R$ 100 milhões sem o Palmeiras no pay-per-view.

(...) Fortalecido por patrocínios e bilheterias sólidos, o Palmeiras está dificultando as negociações para forçar a Globo a remunerá-lo tão bem quanto Flamengo e Corinthians, os clubes com mais jogos na TV aberta. (...) Se ceder ao Palmeiras, a Globo sofrerá um efeito bola de neve: os outros clubes também pedirão mais (...)


Avanti 1 milhão.


Torne-se Sócio Avanti.

Contrato de Adesão ao Programa Avanti.



14.99/mês.        34.99/mês.               64.99/mês
119.99/mês.     214.99/mês.           649.99/mês. 

quinta-feira, 7 de março de 2019

Mancha verde.

Nação Palestrina.

Homenagem aos campeões do carnaval de São Paulo 2019.


Avanti 1 milhão.


Torne-se Sócio Avanti.

Contrato de Adesão ao Programa Avanti.



14.99/mês.        34.99/mês.               64.99/mês
119.99/mês.     214.99/mês.           649.99/mês.