domingo, 23 de julho de 2017

Copa Rio 1951

Nação Palestrina.

Numa época em que ganhava se muito menos do que no futebol atual.

Numa época em que jogava se por amor ao clube.

Numa época que jogador não era poupado, muito pelo contrário, o atleta pedia para jogar.


66 anos de um título que trouxe a auto estima do brasileiros depois da tragédia da Copa de 1950.

Verdadeiros campeões.

Esses (acima) não ficavam brincando nas praias de Recife.



Saudações Palestrinas.

Nenhum comentário: