quinta-feira, 31 de agosto de 2017

O novo Andrés Sanchez e o futuro perdido.

Nação Palestrina.

Devido aos compromissos da seleção brasileira nas eliminatórias, o verdão ficará de "molho" por duas semanas, contando é claro a partir do último confronto contra o São Paulo no dia 27, retornando a campo somente dia 09 de setembro para o confronto diante do Atlético (MG).

Assim, temos pouco a discutir sobre os profissionais nesse recesso.

Vamos torcer que nessas duas semanas o Cuca consiga corrigir as inúmeras falhas defensivas, principalmente na laterais, totalmente vulneráveis.

Treinar, fazer contas, propostas por alguns atletas e retorno de alguns lesionados/emprestados.

Essas serão as principais notícias sobre o verdão nos próximos dias.

Já aqui nesse blog vamos abordar um assunto bem noticiado e ignorado pela maioria da coletividade palestrina nas últimas semanas.

Categorias de Base.



A Sociedade Esportiva Palmeiras não é exatamente uma fábrica de craques, com exceção na posição de goleiros, se bem que ultimamente nem nessa posição estamos nos destacando.

Mas, com planejamento e profissionais qualificados, podemos abandonar esse quadro e nos tornar um clube formador em todas as posições.

E, esse processo estava sendo bem executado desde a gestão Paulo Nobre, mas o atual presidente do verdão está indo na contramão de seu antecessor e está se desfazendo das jóias alviverdes.

Numa sequência assustadora, o Galiotte negociou nos seus 8 meses de mandato mais do que o Paulo Nobre em todo os seus 4 anos a frente do clube.

Em sua última negociação o Palmeiras se desfez do meia Emerson Muller de 19 anos que jogará na Suíça.

Antes, o Palmeiras já havia emprestado o meia Vitinho ao Barcelona B, os atacantes Gabriel Barbosa que foi para a Itália e Iacovelli  para o Estoril de Portugal.

Além do zagueiro Estigarribia, que já está na Espanha.

Essas são as negociações mais conhecidas e divulgadas pela imprensa, mas existem outras negociações em andamento, além de algumas que desconhecemos.

E, depois de tudo isso, o que posso dizer é que o nosso presidente está se tornando o Andrés Sanchez palmeirense.

Para quem não lembra, o ex presidente corintiano fudeu com as categorias de base deles com inúmeras saídas de jogadores que sequer chegaram aos profissionais.

Pelo jeito, estamos no mesmo caminho.

Saudações Palestrinas.

* as negociações citadas foram divulgadas no globo.com e Espn Brasil.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Se, não joga. Mas, foda-se!

Nação Palestrina.

O Palmeiras pode buscar o titulo do brasileirão 2017 ?

Na minha opinião, não!

Não porque estamos a 14 pontos do Corinthians.

Não acredito, porque não temos um padrão de jogo que me faça acreditar no bi campeonato brasileiro.

O Corinthians, líder do brasileirão, não tem um elenco grande e nem qualificado, mas tem um time entrosado e compactado.

Mas quando se tem um time e não um elenco acaba surgindo um grande problema.

Reposição.

Quando alguns de seus titulares não jogam, como foi no último jogo diante do Atlético (GO), o banco corintiano não conseguiu suprir a ausência dos titulares.

Acredito ainda que o Corinthians perderá outros jogos na temporada, mas como já relatei, o problema não é a diferença de pontos e sim o futebol irregular que estamos jogando. 

Um time que almeja tirar essa grande diferença não poder tomar um gol aos 42 do segundo tempo diante do fraco Vasco da Gama.

Um time que ainda sonha com o título, não pode perder para o limitado e cansado time da Chapecoense que acabara de voltar de uma excursão pela Europa e Asia.

Sem contar é claro, a derrota para o Atlético (PR) também no Allianz Parque.

Só nesses 3 jogos que citei, foram oito pontos perdidos, 3 contra a Chape, 3 Contra os paranaenses e 2 contra o Vasco.

14 - 8 = 6
Se tivéssemos feito o nosso papel nesses jogos a diferença seria de 6 pontos.

E, vejam isso :

Além dos resultados mencionados, se tivéssemos ganhado do Corinthians no primeiro turno, nós seriamos lideres do brasileirão.

O Palmeiras somaria mais 3 e o Corinthians com a derrota teria menos 3.

É claro, SE não joga.

Mas é por ai que podemos entender o porque dessa distância para o Corinthians.

Saudações Palestrinas.

domingo, 27 de agosto de 2017

Apenas placar.

Nação Palestrina.

No futebol o que importa é vencer.

É verdade, mas não apenas vencer.

Vencemos, 4 a 2, mas se fosse 4 a 2 para o São Paulo seria injusto ?

Não, não seria, o São Paulo jogou melhor que o verdão, principalmente no segundo tempo, e não conseguiu a vitória por pura incompetência.

Já o Palmeiras sofreu com os mesmos problemas que sofre desde o inicio da temporada, falta de entrosamento e padrão de jogo, resultado do revezamento de jogadores, exaustivamente citado aqui neste blog.

Para o resto da temporada, não consigo enxergar, por mais que eu me esforce, um possível progresso ou até uma ligeira evolução nos aspectos citados acima.

Apenas o placar, o título desta postagem, é o que poderemos comemorar nos jogos do verdão no resto do campeonato, se tanto.

Rapidinhas :

Cuca : 

Durante meses, este blogueiro tem criticado o treinador palmeirense por não colocar um meia de criação em campo, ao invés disso, ele colocava jogadores improvisados na função, como Zé Roberto e Jean.

E, após as eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, o Cuca escalou dois meias de criação na derrota para a Chape, Moisés e Guerra.

Hoje na vitória contra o São Paulo, escalou novamente os dois, e pasmem, ao substituir o Guerra colocou outro meia, o Hyoran.

Então, será que o Cuca tomou coragem ou deixou de ser burro ?

Willian :

Titular absoluto desse time, ponto.

Hyoran :

Ao chegar no verdão, esse atleta trabalhou mais a parte física, para ganhar massa muscular, por isso jogou pouco pelo Palmeiras.

Mesmo assim ele poderia ter sido mais aproveitado, mas o Cuca, enfim...

O Hyoran, entrou em campo aos 30 min do 2° tempo e fez mais do que o Guerra em 75 minutos.

Fez um desarme na grande área, fez uma bela jogada na linha de fundo, melhorou o passe no meio de campo, e claro, o gol.

É cedo para criar alguma expectativa ?

É sim, mas vale o registro aqui.



Deyverson :

Você já ouviu a frase, jogamos com um a menos ?

Eu sinto isso toda vez que vejo ele campo.

Fernando Prass :

VOLTA JAILSON !

O que acontece com o Prass ?

Desde que voltou de contusão, aquela na véspera das olimpíadas, o Fernando Prass está irreconhecível.

Falhou em vários jogos na temporada, teve participação fundamental na nossa eliminação na Libertadores, ao falhar no gol na primeira partida.

Hoje, mais duas falhas, na minha opinião.

Saiu errado no primeiro gol do São Paulo e aquele golpe de vista no segundo foi foda.

Mas se o que importa é vencer, hoje os "analistas" de placar devem estar satisfeitos. 

Saudações Palestrinas.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Eduardo Uram.

Nação Palestrina.

Desde a criação da maldita lei Pelé, os clubes brasileiros, que já não eram um exemplo de administração, tornaram-se piores ainda na sua condução administrativa ao se verem reféns de uma nova "raça" que passou a impregnar o futebol nacional.

Os empresários.

Não defendo a antiga lei, mas com a nova, libertamos os jogadores e aprisionamos os clubes num ciclo fétido da maracutaias.

As categorias de base, as mais atingidas com a lei, ficaram a mercê dos bandidos.

Os profissionais, amparados pela lei Pelé, cagam na cabeça dos clubes, e se não tivermos a consciência de que não podemos ficar devendo favores a empresários, a casa cai de vez.

Posto isso, venho questionar um assunto abordado no blog do Cosme Rímoli.

Confesso que confio nas reportagens dele tanto quanto acredito em Papai Noel, mas o tema é altamente relevante. 

Nenhum outro empresário trouxe tantos jogadores para o verdão como Eduardo Uram, que ganhou força dentro do clube com a chegada do Alexandre Mattos.




Nessa entoada, me questiono :

Qual a relação A.Mattos/Eduardo Uram ?

Antes que você formule sua opinião, vamos ver os atletas desse empresário que estão ou estiveram no verdão desde 2015.

Vamos a eles :

William : Deu certo no verdão, mas ao ser contratado, era nada mais que reserva no Cruzeiro.

Vitor Hugo : Já foi negociado, mas veio em 2015 com o Alexandre Mattos.

Rodrigo : Outro que também já não joga no verdão.

Andrei Girotto : Hoje no Nantes, da França.

Eric : a pior das contratações, não que seja um jogador ruim, mas com certeza não vale os 13 milhões de reais que pagamos, se não engano a vista.

Egídio : Até hoje não convenceu.

Antonio Carlos : não faz falta nem no banco de reservas.

Rafael Marques : Hoje no cruzeiro.

Lucas : Agora no Fluminense.

Além de todos esses atletas, Eduardo Uram intermediou, segundo Rímoli, as contratações de Felipe Melo e Roger Guedes.

Sem contar que o verdão tentou as contratações de Samuel Xavier e Diego Souza, ambos do Sport e também agenciados por Uram.

Após tudo isso, eu me pergunto :

Será que durante todo esse tempo, deixamos de contratar bons jogadores, inclusive atletas renomados, para simplesmente trazer os atletas do Eduardo Uram ?

Com certeza é uma situação a se analizar.

Saudações Palestrinas.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Como os rivais gostam.

Nação Palestrina.

Desgraça pouca é bobagem.

Com certeza todo mundo já ouviu essa frase alguma vez na vida.

E, ela sintetiza bem o buraco que a nossa diretoria e também nossos jogadores cavaram.

Buraco que será maior se não conseguirmos no minimo a vaga para a Libertadores 2018.

Título ?

Esqueça, depois da  derrota para a Chapecoense em casa não vamos nos iludir.

Mas, o que não podemos é perder a cabeça e piorar a nossa situação ainda mais.

Como ?

Vamos analisar :

Alexandre Mattos :


Ameaças de morte.

Quem fez isso está de brincadeira, ou melhor, não é brincadeira, é criminoso !

E, essa atitude criminosa não representa a massa Palestrina.

Prejuízo: 
Incalculável.

Não há como calcular o prejuízo causado por esse fiasco na temporada.

No campeonato Paulista, saímos na semifinal.

Na Copa do Brasil, nas quartas.

Na Libertadores, nas OITAVAS !

E no brasileirão, estamos em quarto e fora da briga pelo titulo.

Não esqueçamos que temos a maior folha salarial do Brasil e isso refletirá diretamente nas
finanças do clube no final do ano.

Cuca :

Sou favorável a saída do Cuca, mas no fim do ano.

Acredito que será pior ainda se ele for demitido agora.

Sem contar que será mais 1 milhão e meio jogado fora com a multa rescisória, segundo o globo.com.

O grande erro.

O Palmeiras cometeu, além do rodízio de jogadores, o seu maior erro ao desmanchar o elenco que era nada menos que o atual campeão brasileiro.

Mas convenhamos, qual palmeirense não ficou entusiasmado com as chegadas de Borja, Guerra, Felipe Melo e por ai vai ?

Estamos como nossos rivais gostam.

Mas podemos aprender com isso ou não ?

Saudações Palestrinas.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O verme.

Nação Palestrina.

A Sociedade Esportiva Palmeiras sempre teve em seu conselho um dos mais podres entre todos os clubes brasileiros, juntamente com o Vasco da Gama.

Pelo menos ao que diz respeito em destruir o clube publicamente e tumultuar o ambiente dentro e fora de campo.

Somos peritos nesse quesito e nos tornamos profissionais logo após a saída do Mustafá Contursi.

Em 2005, assumia a presidência do verdão, Afonso Della Monica, apoiado pelo próprio Mustafá, porém com as seguidas tentativas do ex presidente em tentar interferir na gestão Della Monica, o presidente eleito rompeu relações com seu antecessor.

A partir daí, o conselho palestrino que nunca se destacou pela sua união, piorou .

Rachado, o conselho do Palmeiras dividia-se cada vez mais.

Muitos apoiando o Della Monica e a escória apoiando o Mustafá, e é aqui que chego onde queria.

Gilto Avallone.



No dia 21 de maio 2016 escrevi um texto sobre esse verme, e desde esse dia até hoje a minha opinião sobre ele é a mesma.

Quem quiser conferir o texto de 2016, clique aqui.

Curiosamente o referido texto é o segundo mais lido desde blog, só para constar, esse blog tem 235 postagens, incluindo esse.

Porém, o que motivou a escrever esse texto foi que, nos últimos dias esse bosta foi acusado de revelar itens do contrato do Felipe Melo, protegido por uma cláusula.

Até ai nada de surpreendente, afinal esse é o trabalho dele, tumultuar e destruir.

Mas, fiquei surpreso ao ler em seu site, criado por ele para destruir a imagem do clube, que a sua "defesa", da acusação que ele sofreu, não foi redigida por ele.

O Gilto Avallone usou uma postagem de outro verme, o Paulinho, aquele do blog, para se defender, o mesmo Paulinho que ficou preso 6 meses por caluniar, difamar e noticiar falsas matérias, obviamente sem provas.

Já, a boa noticia, tomara que se confirme, é que o presidente do conselho palestrino, Seraphim del Grande, recebeu de um grupo de conselheiros um pedido para abertura de sindicância contra o verme, Gilto.

E, o verme comentou a possível sindicância com tom de ameaça.

Gilto disse a Gazeta Esportiva: “Não tem problema, não. Manda abrir. Vamos lá! Agora, que cada um arque depois com as consequências. Se houver sindicância e eu for absolvido, quem requereu que arque com as consequências”.

Vale lembrar que o canalha é um dos principais puxa saco do Mustafá Contursi.

Saudações Palestrinas

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Finalmente deu as caras.

Nação Palestrina.

Finalmente o presidente do Palmeiras deu as caras, timidamente, mas apareceu.

Ao contrário do seu antecessor, Paulo Nobre, muito criticado aqui, mas que tinha um ponto positivo. Não fugia e nem se escondia da imprensa e muito menos da torcida.

 O Maurício Galiotte disse ao blog do PVC : " Fiz tudo o que o palmeirense faria".

Este blogueiro : Discordo.

A grande massa palestrina NÃO faria aquele rodízio de jogadores.

Foi aquele maldito troca troca de jogadores o responsável por chegarmos no mês de AGOSTO sem um time titular definido.

Foi aquele maldito rodízio, o responsável por estarmos 14 pontos, ainda pode ser 17 pontos, em caso de vitória do Corinthians contra a Chape, no brasileirão.

Maurício Galiotte :  ''Em dezembro, não havia um técnico campeão no mercado para substituir Cuca. Foi a razão de termos mudado a filosofia. Depois, tive de voltar à filosofia anterior e perdi o semestre. Depois, o ano''.

Este blogueiro : Concordo. 

Iniciar o ano com um técnico fraco comprometeu todo o planejamento da temporada e a volta do Cuca com um elenco diferente ao que foi campeão Brasileiro também foi prejudicial.




Resumindo o restante da entrevista ao PVC, o Galiotte, disse que não haverá mudanças.

Este blogueiro : Concordo, parcialmente.

Não Podemos fazer grandes mudanças esse ano para não comprometer a busca da vaga na Libertadores de 2018.

Porém, podemos preparar o terreno para o ano que vem.

Jogadores que não serão utilizados, por exemplo, podem ser dispensados para fecharmos o ano no azul.

Dispensarmos, principalmente, o Zé Roberto.

Aos 43 anos de idade, já deu !!!

Cuca, sou favorável a sua saída no fim do ano.

As decisões do Cuca foram totalmente infelizes, e destrutivas ao clube e ao time.

Ele está longe de ser o Cuca que estávamos acostumados.

A não ser que ele prove o contrário nesses pouco mais de 3 meses que restam para terminar a temporada.

Saudações Palestrinas.

sábado, 12 de agosto de 2017

Rodízio do fracasso e o médico irresponsável

Nação Palestrina.

Após mais um fracasso, o maior deles na temporada, toda a coletividade palestrina tenta assimilar e encontrar culpados por mais esse vexame.

E, eu já tenho os meus.

Cuca, obrigado pelo titulo brasileiro, agora vaza !

Você, com a anuência do Maurício Galiotte e Alexandre Mattos, adotou esse maldito rodízio de jogadores que, eu considero fator chave na humilhação que a Sociedade Esportiva Palmeiras sofreu.

O que é necessário para enfiar na merda da sua cabeça que esse rodízio não deu certo ?

Você praticamente colocou o Brasileirão no lixo para poupar jogadores.

Enredo :

Copa do Brasil : Eliminado

Libertadores : Eliminado

Aliás, para encerrar esse assunto, não aguento mais, sobre esse caralho de rodízio, uma pergunta.

O Jogador mais poupado por você desde a sua volta foi o Guerra, para o atleta estar em plenas condições de jogar a Libertadores, certo ?




Então, seu pau no cú, porque você deixou o Guerra no banco ?

Entramos em campo com 2 volantes e 4 atacantes. 

E a criação, quem ?

O Dudu ?

É muita burrice !

Com dois dos melhores meias do Brasil no banco, Guerra e Moisés, entramos no campo sem nenhum meia de criação.

Já era, eu li que você pediu demissão e o Maurício não aceitou.

Por favor insista na sua demissão e vá pro inferno.


Departamento Médico 

Quando o Mina se machucou e teve que deixar o campo, o médico do Palmeiras passou pelo repórter da Rede Globo e disse que o Mina estava com suspeita de fratura.

Meu Deus!

Como um médico indentifica uma possível fratura e deixa o atleta caminhar desde o outro lado do campo até o banco de reservas ?

E ainda ajuda o atleta a se levantar!

ESTAMOS CERCADOS DE IDIOTAS !

Saudações Palestrinas.